power balance marketing

quando saiu a pulseirinha ele achou aquilo ridículo, “como alguém poderia acreditar que uma pulseira daria mais força”, mas tinha uma menina que jogava tênis na escola e ele queria uma chance. deu para ela e teve resultado: 1 set a zero pra ele. ela começou a jogar melhor e deu razão ao presente. 2 a 0. meses depois a empresa admitiu ser um fraude. o namoro balança.  2 a 1. mas ele consegue conversar com ela e diz que a pulseira era um placebo e provou que ela poderia jogar muito bem sem aquilo. dito e feito. 3 a 1. fim de jogo.

calenza

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a power balance marketing

  1. Melissa diz:

    a empresa da pulseirinha devia contratar esse cara

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s