“luz, quero luz”

ela foi falando enquanto tirava a bota. a careta era pela força e pelo conteúdo da conversa:

não aguento mais minhas amigas… Essa vontade de parecer feliz sempre, bater fotos toda hora com sorriso colgate já deu no saco.

Ele passava o fio dental no banheiro e concordou com sua onomatopeia padrão.

Quando chegou no quarto a luz já estava apagada, mas os olhos dela continuavam acesos.

calenza

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s