escrevo porque preciso, publico porque me amo

mas velho escritor, o senhor não acha esse autor muito pretensioso?

todo artista é prepotente e carente. se ele escreve um texto, um livro ou produz uma obra  ou ainda pinta um quadro e expõe, ele está querendo mostrar a sua visão de mundo para o resto das pessoas. sendo assim, ele está sendo prepotente e transformador.

isso se aplica aos maus escritores?

claro, tudo mundo que publica algo, acha que fez um bom trabalho, mesmo que não admita.

e o senhor, fez bons trabalhos ao longo de sua carreira?

claro que sim e claro que não…

explique.

acho que ao longo do tempo passei por fases distintas, mas isso é normal. os artistas repetitivos costumam chamar a falta de criatividade de estilo.

o senhor realmente acredita nisso?

nem sempre.

vamos voltar ao fato de expôr suas obras. em entrevistas anteriores o senhor disse que tem que publicar. tem que publicar mesmo sabendo que é pretensão?

evidente, de que outra maneira iríamos mudar o mundo?

e o senhor acha que a arte pode mudar o mundo?

não mais, porém, eu preciso.

calenza

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a escrevo porque preciso, publico porque me amo

  1. É por isso que eu amo o velho escritor!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s