quando a gente bebe aflora o verdadeiro eu lírico, já dizia o poeta

é chato estar sempre certo, por isso eu erro de propósito de vez em quando pra dar mais emoção.

velho escritor, depois da terceira batida de manga na serra da mantiqueira. dez de 2011.

calenza

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a quando a gente bebe aflora o verdadeiro eu lírico, já dizia o poeta

  1. Carla Oliveira diz:

    Errar é humano! Adoro o Velho Escritor.

  2. Leo diz:

    Erar é umano? Cachorros e gatos também erram. Humano não é errar, é insistir no erro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s